domingo, 3 de julho de 2011

Mudanças Socias <--------> Diferentes Tipos de Família


Várias têm sido as mudanças sociais nas sociedades ocidentalizadas  que têm contribuído para o surgimento de novas formas de família: a entrada da mulher no mercado de trabalho, o aumento exponencial do fenômeno divórcio, o progresso cientifico (nomeadamente no que diz respeito às técnicas de fertilidade), as novas exigências e a maior competitividade a nível laboral.
Todos estes fatores em simultâneo têm exercido fortes influências que abalam este grupo social, não quer isto dizer que a família está em vias de desaparecer ou a diminuir a sua importância, está sim numa fase de transição que pelas mudanças observadas deixa de corresponder às idéias estabelecidas no passado de um grupo social imutável e com uma estrutura fortemente enraizada, pois a realidade social vivida nos dias de hoje em nada se assemelha à realidade social das décadas anteriores. Essas fortes mudanças que este grupo têm vindo a sofrer, surgem deste modo novas formas de família, ou seja novas famílias compostas de formas a que a sociedade não estava habituada a observar.
Tipos de Família:
Segundo a antropologia, existem 3 tipos básicos de família: tradicional, nuclear e pós-moderna.

* A tradicional era aquela família geralmente numerosa, centrada na autoridade do patriarca, mais comum até a primeira metade do século passado (sec XX). Eram considerados "familiares" não estava só os pais e filhos, mas todo o entorno familiar (avós, tios, primos, etc), e as relações eram baseadas nos conceitos morais e autoritários da época.

*A família nuclear, ou psicológica, é aquela surgida a partir da metade do século XX, fundamentada basicamente em pai, mãe e poucos filhos. As relações não são mais tão autoritárias, e o conceito de família engloba um núcleo mais caseiro.

*A família pós-moderna é a que surgiu mais atualmente, aquela em que não existem regras básicas de parentesco. Filhos morando com só um dos pais (devido ao divórcio), casais sem filhos, uniões homossexuais, etc. Para alguns, não é um estilo de família, mas justamente a falta de um "estilo" pré-determindo.

Hoje em dia, podemos identificar esse três tipos básicos de família coexistindo, com suas variações... cada família a seu modo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário